A Imogestin SA é uma empresa privada de direito Angolano, no mercado desde 1998. Actualmente, dedica-se à promoção e gestão de empreendimentos imobiliários. Ao longo do seu percurso caracterizado por investimentos próprios e em parceria com outros investidores, a Imogestin iniciou-se na gestão de empreendimentos imobiliários ao assumir a coordenação executiva da
segunda fase do Projecto Nova Vida em 2009. Fruto do know-how acumulado nos anos anteriores, que lhe atribuiu a competência que lhe é reconhecida, foi indicada para proceder à gestão e vendas de habitações em alguns Projectos Habitacionais do Estado, através do Decreto Presidencial nº 329/14 de 29 de Dezembro.

A partir do segundo semestre 2017, a Imogestin vai proceder a venda de cerca de 26.000 habitações localizadas nas províncias de Luanda, Bengo, Huíla, Benguela e Namibe.

As habitações estão destinadas a cidadãos de nacionalidade angolana com mais de 18 anos de idade, que não tenham antes arrendado ou comprado casa ao Estado e cujos salários ou rendimentos sejam compatíveis com o preço da tipologia a que se candidatam.

As habitações a serem vendidas serão destinadas a três grupos de clientes alvo a saber:

  • 1. Função Pública;
  • 2. Grandes Empresas Publicas e Privadas;
  • 3. Pessoas Singulares e Colectivas que não façam parte do primeiro e do segundo grupo.

O Executivo aprovou a distribuição de venda das habitações nos Projectos Habitacionais sob gestão da Imogestin, nos três grupos, de acordo com as seguintes quotas:

  • 1. Função Pública (40%)
  • 2. Venda ao Público Dirigida (30%)
  • 3. Venda ao Público Livre (30%)

Poderão ainda ter acesso a estes Projectos Habitacionais os reformados e pensionistas, cujos rendimentos sejam compatíveis com o valor das prestações mensais das habitações a que se candidatam.

Para esse efeito, a taxa de esforço máxima considerada para avaliar a capacidade de pagar as prestações mensais é de 40% do respectivo salário ou outra forma de rendimento mensal.

Uma quota de 20% das habitações serão destinadas a arrendamento, preferencialmente destinado a pessoas com menos de 40 anos de idade e ter-se-á em conta as condições sociais e económicas de cada província.

Em qualquer dos grupos antes referidos, os candidatos a compra ou arrendamento das habitações, pelo menos 30% deverão ter menos de 40 anos de idade.

PROJECTOS

Quer fazer a sua Candidatura?

CLIQUE AQUI